quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Não idolatramos e nem seguimos o Caio






           Sou um dos mentores do Caminho da Graça aqui no interior de São Paulo. Quem acusa o Caio não o conhece ou então ainda não conhece a Graça de Jesus que perdoa. 
Somos instruídos pelo Evangelho a entender essas pessoas.



          Quem diz que o Caminho da Graça é mais uma "instituição" como qualquer uma outra e que só muda a placa, também não sabe do que está falando e nem faz ideia de como nós "caminhamos" em leveza e sem subserviência como no caso das "igrejas" institucionalizadas. Entendemos quem critica, afinal de contas o cara se "converteu" e vive na "Matrix" a vida inteira e não conhece outro tipo de governabilidade que o Espírito Santo está soprando sobre a igreja "marginal", então acha que é uma questão de mudança de "placa".

         Tem que se passar  por uma "desconstrução"  da igreja dita "institucional" com os seus credos, dogmas, costumes, práticas litúrgicas, "louvor", tradições e hierarquias; "desintoxicar" e se tornar um "desigrejado", caso contrário, então que crerá que é uma questão de mudança de "placa".



Fala sem ter provado! 
Sem ter conhecimento! 

      A liberdade do Espirito que em amor nos amadurece em tudo.
      O Caio é coerente e mais, mesmo sem ele "querer" o Caminho da Graça está "pipocando" em um monte de cidades. O Caio é um "detalhe". Somos discípulos de Jesus!
Tem muita gente com sede do Evangelho. 
O salto de qualidade de vida que o sujeito dá é fenomenal.



        Tenho visto isso em dezenas de pessoas.





Graças a Deus!


Reinaldo de Almeida

2 comentários:

Anônimo disse...

Irmão sei que nao tem nada haver o que vou te perguntar com a matéria publicada.

Por favor, gostaria de saber se é pecado se masturbar? e o que a biblia fala a respeito disso.

obrigado e desculpe pela pergunta

Sintonia da Vida disse...

siga esse link
http://www.caiofabio.net/conteudo.asp?codigo=01642