domingo, 22 de janeiro de 2012

Lamentações do Reinaldo



Sinto muita tristeza.

Não consigo escrever com a mão direita.
Não consigo tocar um violão.
Não posso dirigir um carro e nem pilotar minha moto. Sinto falta das minhas tardes solitárias de caminhada. O simples abotoar do botão de minha camisa ou amarrar os sapatos me é extremamente difícil!
A lesão nos nervos do ombro, braço e mão me impossibilitam de fazer essas coisas mínimas. Está tudo paralisado.

Fui cumprir um dever na grande São Paulo. Fui a trabalho e na volta um passeio. Numa daquelas esquinas, dois bandidos (em São Bernardo) me cercaram. Queriam me tomar a moto, achei injusto dois moleques com armas nas mãos em plena nove horas da manhã, rua movimentada, atrevidos em ameaçar e balearem os transeuntes que ali passavam, achei por bem me arriscar em fugir até uma delegacia ali próxima (Nem sei porquê, policiais só sabem multar!). Na fuga, caí e bati com violência num muro, antes de cair, ouvi dois estampidos de balas, nenhuma acertou. Depois, testemunhas disseram em depoimento, que deram seis. Apaguei várias vezes. Me deram morfina por causa da dor.

A dor já dura 120 dias. Desde a escápula até as nervuras do braço e da mão! Imagino casos piores do que o meu, mas, que Deus me perdoe, dor é muito pessoal e só dói na gente! Basta uma dor no dente!
Emagreci 10 kg em 10 dias. A clavícula recebeu uma chapa e seis pinos. Os remédios tiram a fome e o ânimo de reação (Tem que reagir Reinaldo! Não pode se entregar! Não é o fim do mundo!), concordo, mas gostaria de ficar um dia sem tomar tantos anti-inflamatórios, antidepressivos, antibióticos e agulhadas (fico grogue!) e trocar uma semana com o pessoal que me irrita com esses chavões e clichês; uma semaninha só! Prefiro, como Jó, que sentem em silêncio e chorem junto comigo.

Por falar nisso, hoje entendo a irritação de Jó com a teologia pedante, sem misericórdia e cansativa de seus "amigos" da fé. Até Deus se irritou com eles!
Entendo também tantos Salmos angustiados e tristes dos salmistas, já orei chorando muitas vezes com eles! Usando suas palavras e expressões!
Hoje entendo o porque de um livro bíblico se chamar "Lamentações" de Jeremias. 
Não somos "super- heróis" da fé.  

Eu não sou!

Sou um ser humano criado para sentir dores e prazeres e tanto um quanto outro fazem parte desta vida. E Jesus experimentou a ambos. Riu e chorou. Rir e chorar e mesmo lamentar não é pecado. Pecado é negar nossa natureza humana e viver uma falsa fé, sem misericórdia pela dor do outro! 
A ressurreição do corpo, nosso corpo, prometida pelo Evangelho não é uma frescura de Deus. Será a nossa libertação das dores e das nossas limitações físicas.

Por isso, chorando e no momento lamentando, reafirmo minha fé em Jesus e no Evangelho, sabendo que vivo ou morto já pertenço ao Senhor!

Reinaldo de Almeida


em tempo,

Agradeço o carinho e as orações de todos meu manos e manas de coração! (católicos, crentes, espíritas e até os ateus!)



4 comentários:

Anônimo disse...

Meu irmão estou orando muito por vc. Vc foi usado para realizar tantos milagres e o seu chegara em breve.

Miguel Costa

Anônimo disse...

Oi irmão Reinaldo

estou orando muito por sua recuperação.

Um abraço

Paulo disse...

Para todas as coisas ha um tempo determinado por Deus.
O irmão esta na obra, lutando e dizendo a verdade, por essa razão foi atacado.Estou orando meu irmao, não desista por favor, leio seus comentarios sempre que posta.Não desista, precisamos do irmão

Anônimo disse...

Oh, meu irmão...
por favor, nao desista, acompanho sempre vc pelo rádio. nao nos deixe, por favor.

Fabiola