sábado, 19 de abril de 2008

Quem são os pastores (guias) de Hebreus 13:7 e 17


Quem são os pastores (guias) que a carta aos Hebreus menciona no capítulo 13: 7-17?

Antes de tudo, sei que existe no Novo Testamento o ministério pastoral - Efésios 4:11 - Observe que ele é o único que tem o dom de "mestre" (guia) grudado nele.

Quando estamos dentro do sistema chamado "Igreja evangélica" , não conseguimos enxergar outras realidades na Bíblia a não ser aquela em que eles estão o tempo todo "martelando " em nossas cabeças.

Fora o texto de Efésios 4:11, onde mais ele aparece?
O fato de que o dom de "mestre" está inserido como implicação necessária ao oficio pastoral faz-nos entender o que?


Jesus usa a figura do "pastor" a si mesmo em João 10, mas ali todos sabemos que ele é o Verdadeiro Pastor do seu rebanho, aliás, Pedro chama-o de "Supremo" pastor do rebanho que ele adquiriu com seu próprio sangue.

Então a pergunta permanece, ou melhor, vamos mais um pouco mais longe, eu pergunto de novo: onde é que o título pastor aparece como um pronome pessoal a algum apóstolo ou discípulo no Novo Testamento?

Você responderá que em Hebreus 13:7.
Mas gostaria que você observasse que esta tradução faz parte da Revista Corrigida do Padre João Ferreira de Almeida, e conforme versões mais atualizadas com os escritos mais antigos, portanto, mais próximos do original (ainda que muito distantes, de fato!) o título pastor é traduzido como guia (mestre)!

Então voltando a última pergunta: Onde aparece no Novo Testamento o título de pastor como pronome pessoal como é usado exaustivamente nos dias de hoje?
Onde no Novo Testamento encontramos o pastor Paulo, pastor Lucas, pastor Pedro, pastor João, pastor Apolo, etc...?

Estou pondo em descrédito o ministério pastoral que em Efésios Jesus alega ter dado à Igreja? Absolutamente NÃO!

Mas então, por que é que o líderes do Novo Testamento não fizeram caso de usá-lo como nos dias de hoje os líderes fazem questão? Por que o título (pastor) não aparece na Bíblia e hoje alguns se obrigam a usá-lo?

O que me incomoda não é título em si, mas a maneira como alguns lobos se valem dele para impor sua autoridade em cima dos outros.
O uso da posição pastoral para ameaçar, amaldiçoar, prender, explorar a fé e as finanças das pessoas que se colocam debaixo da autoridade espiritual destes pseudo-pastores!

Tem pessoas que foram instruídas a não fazerem nada sem primeiro consultar o seu pastor. Elas fora instruídas a não saírem de debaixo da autoridade espiritual de seu pastor?!

À luz do Evangelho, existe maior heresia do que isso?

Na carta aos Hebreus, o escritor se refere aos líderes que já haviam partido para o Senhor, visto que esta carta foi escrita quando quase todos os apóstolos que andaram com o Senhor Jesus já haviam sidos martirizados.
E por que foram martirizados? Por causa da palavra de Deus que pregaram.
E que Palavra era esta?
A Palavra da Graça em Jesus, visto que, a carta aos Hebreus exorta seus leitores a não voltarem às práticas religiosas do Velho Testamento.
Segundo o escritor aos Hebreus, este retorno às práticas de ritos judaicos seria um "cair da fé", um abandono da Graça manifestada pelo Senhor Jesus. Foi por causa dessa fidelidade a Palavra de Deus que pregaram é que estes guias foram mortos.

Observe que logo depois ele lhes escreve: não vos deixeis envolver por doutrinas várias... veja que ele diz que o que vale é o coração estar confirmado na Graça...

E terminantemente afirma que quem come do Altar da religião não tem direito a comer da mesa da Graça. É uma advertência séria!

E finalmente ele diz: obedecei aos vossos guias (pastores) e sede submissos para com eles, como quem hão de prestar contas...

Os guias que estavam vivos e permaneciam na pureza do evangelho da Graça e que estavam sendo perseguidos pela religião judaica, mas apesar disso permaneciam fiéis, deveriam ser obedecidos e nesse caso, esse guia é alguém que não deixa você se desviar do Evangelho da Graça e cair nas malhas do sistema religioso. Para que serve uma guia?

Este texto não nos incentiva à uma dependência psico-espiritual-emocional de nenhum guia humano, e também o escritor diz "como quem hão de dar contas ". Veja bem: COMO QUEM...Isso não quer dizer que eles vão dar contas, mas que devem cuidar das pessoas "Como quem" hão de dar contas, pois Bíblia diz que CADA UM dará contas de si mesmo à Deus! (Romanos 14:12)

Só que a igreja a evangélica atual tem ensinado a transferir toda essa obrigação ao pastor. Coitados!!

A posição pastoral naqueles dias tinha muito mais haver com o exemplo de fidelidade ao evangelho, o trato com o próximo, a capacidade de perdão, a sabedoria em ensinar o Caminho, do que com esta "postura oficializada do pastor" de hoje. A posição pastoral naqueles dias dependia da espiritualidade da pessoa e não algo forçosamente a ser seguido!

O mestre, biblicamente falando, está na conduta, no exemplo em amar, na postura frente ao discípulo, e não como foi hoje colocado como alguém que ensina na escola dominical! 

Que tragédia!

Veja que Saulo, quando discípulo  em Antioquia, era chamado de "mestre". (Atos 13)

Releia o texto de Hebreus e veja se não é isso assim?

2 comentários:

Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

David Bezerra disse...

Muito bom,devemos mesmo dizer a verdade a este sistema religioso,
corrupto de entendimento da verdade,parabéns,muitos não entenderão por que,suas mentes estão
focadas na mentiras deste sistema religioso atual,e cheio de heresias,abraços!!!!!!