quarta-feira, 2 de março de 2011

Salvação, imortalidade ou vida eterna? Qual a sua escolha?

A Palavra do Evangelho mostra essas tres categorias do existir humano.

A maioria dos cristãos que conheço vivem sua fé pela salvação. 
Salvação imediata e instantânea.
Salvação dos problemas da vida.
Salvação das enfermidades e doenças.
Salvação das questões financeiras.
Salvação das carências e angústias pessoais. 
Salvação dos problemas familiares.
Salvação do diabo e de suas obras maléficas.
Salvação do inferno e de sua perdição eterna.
Salvação dos pecados e do terrível juízo que vai cair sobre os pecadores.

Enfim, são muitas as razões pelas quais as pessoas "servem" a Deus e vão às igrejas hoje!

Muitas pensam que fé em Jesus tambem é como um "elixir" da imortalidade. 

Tipo, alcançar a ressurreição.
Não passar pela "grande Tribulação".
Entrar no "nova Jerusalém".
Viver no "milênio".
Ter uma "morada" lá no Céu.
Andar pelas "ruas de ouro".

Não discuto as razões e as legitimidades desses "desejos".

Porém, nada disso é a essência da Vida Eterna.

Alíás, pouca gente hoje esta vivendo a vida eterna. Ou seja, para a maioria dos cristãos, a vida eterna é algo que é "empurrado" e pensado em termos de "futuro", porém Jesus disse que quem crê n'Ele  TEM  a vida eterna e não, TERÁ a vida eterna.

No Evangelho de João, Jesus nos mostra que a Vida eterna não tem relação com o futuro e sim com algo que pode e deve ser experimentado AGORA.

Para a maioria dos cristãos que eu conheço a salvação é algo pelo qual se trava uma batalha angustiosa todos os dias contra o pecado, o diabo e o mundo. Jamais entram no DESCANSO (Hebreus 4). É uma vida de "bereano" e "apólogético" o tempo todo. A "doutrina" verdadeira precisa ser "salva", caso contrário, Deus e Jesus vão "perder" e o cristianismo estará "ameaçado" pelo islamismo, pela nova era e pelas heresias.

A vida "cristã" se caracteriza pela possibilidade de "se perder" a salvação ou a "corôa da vida".
É viver no "fio da navalha".

Nada disso porém se relaciona com a vida eterna.

E o que é Vida Eterna?

Jesus mesmo deu a resposta em João 17:3: "E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste."

Vida eterna não é morar no céu.
Não é perdão dos pecados.
Não é acreditar na doutrina verdadeira.
Não é se livrar do pecado.
Não é não ir para o inferno.
Não é "andar nas ruas de ouro".

Não é nada disso, mais inclui tudo isso!

Paulo, o apóstolo, disse que renunciou tudo o que ele era e tudo o que ele tinha para "conhecê-Lo"! (Filip. 3:10). Ele não queria "ir para o Céu" mas sim "estar com Cristo". Tipo assim: se Jesus não estivesse no Céu, nem no Céu ele quereria estar mais! O céu não é céu sem Jesus lá! Agora o inferno vira Céu se Jesus estiver lá! Ou melhor, qualquer lugar que exista vira céu se Jesus estiver presente, por outro lado, qualquer "paraíso" vira inferno se Jesus não estiver presente!

Percebendo isso, "aquele que se gloriar (de qualquer coisa!), glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; por que destas coisa se agrado, diz o Senhor" (Jeremias 9:24).

Vida eterna já começou faz tempo!
Começou na cruz em Jesus!

Reinaldo de Almeida

Nenhum comentário: