segunda-feira, 24 de outubro de 2016

O doutor Estranho e a Porta Dimensional



Porta para a outra dimensão.

No mês de Novembro de 2016, irá estrear  nos cinemas do Brasil o filme "Doutor Estranho". Ainda não faço idéia da trama do filme, mas assistindo o trailer, o que me chamou a atenção, dentre os muitos efeitos especiais do filme, foi a porta dimensional, onde os personagens viajam de um lugar para outro através de um buraco na película do espaço-tempo. Não sabemos o quanto essa teoria seja possível, e se de um dia será provada, mas por enquanto, a realidade mais desagradável que temos disso, é a morte.

A morte tem sido interpretada pela Religião, pela Ciência e pela Física de muitas maneiras. Não quero aqui entrar no mérito interpretativo e doutrinário dessas ciências. Quero pensar na morte como uma passagem dimensional para um outro tempo e espaço, como uma porta que separa esse mundo para um outro. Um mundo melhor, um mundo diferente desse em que estamos.

Existem documentários dos mais variados temas na Internet, e daquilo que os médicos chamam de experiência de "quase morte", ou seja, situações onde pacientes, por alguns minutos ou mais, seus corações deixaram de bater e que eles, os médicos, praticamente, tiveram que "ressuscitar" tais moribundos. 
Pelo depoimento de tais pacientes as experiencias são as mais estranhas, maravilhosas e até mesmo, bizarras que eles tiveram. Alguns se viram num jardim muito florido e conversaram com pessoas que partiram antes delas; outras num grande e extenso túnel sem jamais conseguirem chegar ao fim dele, outras ainda, tiveram percepções instantâneas de suas vidas passarem como um filme diante de si e outras viram seus próprios corpos em tratamento na sala de cirurgia onde médico e enfermeiros desesperadamente tentavam ressuscita-los. São muitas as descrições de tais experiências. 

O ponto que quero salientar é:

Se houvesse uma passagem assim, você a atravessaria?
Contudo, essa passagem não te permitiria regresso. Você não teria a opção de voltar aqui de novo.
Você trocaria a companhia dos que vivem aqui pela companhia daqueles que já partiram e estão num lugar infinitamente melhor do que esse nosso?
Se um portal assim se abrisse, você passaria por ele?

Reinaldo de Almeida

2 comentários:

Unknown disse...

Oi Reinaldo, tudo bem!
O que aconteceu com seu programa de radio na 106 FM e com a igreja batista do caminho que ficava perto do Hospital Regional...favor mandar noticias...te ouvia sempre!

Me manda email: diogososil83@gmail.com

Abraço

Reinaldo Almeida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.