quinta-feira, 1 de abril de 2010

O Apocalipse: você acredita nele?


Eu não acredito que o mundo vai acabar em 2012!
Eu não acredito nas profecias de Nostradamus!
Não acredito nem mesmo no calendário e na “profecia”  Maia.
Eu não acredito no Apocalipse ensinado pela Igreja Cristã!
Alias, ninguém precisa mais acreditar…
Assisti recentemente num documentário no Discovery Channel sobre uma matéria que relaciona as ações predatória do “monstro” homem contra a natureza. Um terço de toda a fonte de vida animal, vegetal e mineral existente na natureza já foram destruídos pelas ações gananciosas dos seres humanos. Milhares de espécies de animais e vegetais já foram extintos e nunca mais voltarão a existir.
Biólogos, oceanógrafos, cientistas e muitos outros  especialistas disseram que se a humanidade deixasse de agredir em 100%  o ecossistema imediatamente não mais poluindo o ar, a água e a terra, assim mesmo o planeta demoraria, no mínimo 200 anos para se recompor. Mas isso não vai acontecer, não agora.
Essa é uma constatação interessante.
Desde a mais tenra idade ouvi dizer coisas horríveis que aconteceriam ao planeta e aos seres humanos e que estavam registrados no livro do Apocalipse na Bíblia. Mais tarde, ouvi mensagens nos púlpitos e nos altares dos templos religiosos cristãos que Deus “arregaçaria as mangas” e trataria pessoalmente das loucuras dos homens – e isso estava registrado no Livro do apocalipse.
Lí muitas vezes o Livro do Apocalipse com esses “óculos” religioso.
Lí muitos livros comentando e interpretando o Apocalipse dessa maneira: Deus julgará esse mundo, destruindo-o.
Além de produzir um medo terrível de Deus em mim, no íntimo, eu não concordava que Deus fizesse uma coisa dessas!
A imagem de um mundo sendo destruído por  bolas de fogo lançadas pelos anjos no céu; Deus com carranca derramando “chumbo derretido” sobre a humanidade; o chão se abrindo debaixo dos nossos pés engulindo homens, mulheres e crianças, enquanto Deus com um sorriso “sarcástico”, rindo da nossa desgraça, é a idéia que a religião nos faz pensar sobre o fim do mundo e do Apocalipse. Esse tipo de mensagem foi muito propagada nas décadas de 60, 70 e 80. Muitos ainda pensam assim…
Eu não acredito mais assim!
Hoje eu percebo, que o Apocalipse é uma “pré-visão” de Deus.
Deus “pre-viu” essa ação devastadora que a própria raça humana vem causando sobre a natureza e sobre o planeta.
Como um pai que observa silenciosamente (depois de o advertir por várias vezes e de várias maneiras) o filho destruir o presente que lhe foi entregue.
Deus não precisa julgar “pessoalmente” a humanidade com socos e ponta pés cósmicos lhes trazendo o fim do mundo.
A própria humanidade está cavando a sua cova!
Deus não precisará “mover uma palha”, o próprio homem está destruindo o planeta: desmatamento florestal, praias sujas e dejetos, o derramamento diário das fábricas e dos carros de lixo tóxico no ar e nas águas, a matança dos animais, das aves, dos peixes em escala sem precedentes, contaminação do solo, aquecimento global.
O Homem é o Satanás do planeta
A ganância humana está destruindo o planeta.
O Homem é o Diabo da Natureza.
Nem o diabo faria algo melhor (ou pior) do que o homem já está fazendo.
Por isso, eu acredito no Apocalipse onde o próprio homem é o seu autor!
Se tiver tempo… assista o vídeo abaixo:
(Click na tradução "Language" em portugues)
http://www.storyofstuff.org/international/

Reinaldo de Almeida

Um comentário:

Marlon/Leane disse...

Marcos 13:32 Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai.