domingo, 1 de agosto de 2010

OS NEPHILINS



  

Antes do Dilúvio o que se diz é que “filhos de Deus”, os Benai Elohim, possuíram “as filhas dos homens, dentre elas as mais belas [ou fortes], conforme melhor lhes pareceu; vindo daí os gigantes do passado; ou, ainda: “Os varões poderosos que dominaram o mundo antigo”.
Leia:
"Esses nefilins eram os valentes, os homens de renome, que houve na antigüidade." Gênesis 6.4

Veio o Dilúvio com o fim de acabar com a “hibridização” que os Benai Elohim haviam realizado na Terra, não apenas com humanos, mas também fazendo experimentos que mudaram a natureza de todo ser vivente.
Porém, apesar do Dilúvio, aparentemente os Gigantes, ou seus descendentes enfraquecidos, sobreviveram; sendo prova disso a constatação bíblica de que os descendentes dos Nephilins, os gigantes do Genesis, continuavam presentes na terra de Canaã, bem como no mundo todo.
Flavius Josephus, historiador judeu que escreveu alguns dos textos de história mais importantes do mundo Ocidental, nos diz que os Gigantes do Genesis equivaliam aos Titãs dos Gregos, ou aos deuses dos Egípcios.
Na seqüência das leituras bíblicas se lê o seguinte:

"Antes haviam habitado nela [na terra] os emins, povo grande e numeroso, e alto como os anaquins; eles também são considerados refains como osanaquins; mas os moabitas lhes chamam emins." Deuteronômio 2.10-11

 “Porque só Ogue, rei de Basã [Colinas de Golã], ficou de resto dosrefains; eis que o seu leito, um leito de ferro, não está porventura em Rabá dos amonitas? O seu comprimento é de nove côvados [4 metros], e dequatro côvados [1,78 metros] a sua largura, segundo o côvado em uso."Deuteronômio 3.11

 “Também vimos ali os nefilins, isto é, os filhos de Anaque, que são descendentes dos nefilins; éramos aos nossos olhos como gafanhotos; e assim também éramos aos seus olhos." Números 13.33
Como digo no meu livro Nephilim, nas notas de roda-pé, havia na antiguidade homens de estatura sobremodo elevada. Havia “homens” na terra toda cuja estatura ultrapassava 4 metros.
Os primeiros gigantes, chamados na Bíblia de Nephilins (enfilins no original hebraico, que significa "caídos" ou "desertores") — não eram apenas tão altos, mas poderosos do ponto de vista de seus saberes e ciências ocultas, conforme nos diz o livro de Enoque; e ainda conforme o testemunho histórico antropológico que nos vem de todas as culturas antigas do mundo.
Israel queria acabar com os Gigantes de Canaã, especialmente porque na mente dos judeus havia a certeza de que eles, os super-homens, eram os sobreviventes dos Caídos, os dos que desertaram a sua dimensão, os anjos, os Benai Elohim, os “filhos de Deus” que hibridizaram a criação.
Assim se diz:
"Não foi deixado nem sequer um dos anaquins na terra dos filhos de Israel; somente ficaram alguns em Gaza, em Gate, e em Asdode." Josué 11.22

Israel, todavia, conviveu com os Gigantes até aos dias de Davi, quando os quatro últimos remanescentes foram mortos. Então se diz que nesse dia “Satanás se levantou contra Israel”.
Veja mais textos que nos falam da presença dos Gigantes depois do Dilúvio, até que Davi matou os últimos deles.

"Ora, o nome de Hebron era outrora Quiriate-Arba, porque Arba era omaior homem entre os anaquins. E a terra repousou da guerra." Josué 14.15
Outros grupos de gigantes chamados de Anaquins e Refains (ou Emins) se instalaram na Palestina entre o Mar Morto e a faixa de Gaza. Os israelitas mataram todos os gigantes desta região sobrando apenas o rei Ogue (na região norte da atual Jordânia) e alguns que foram para a faixa de Gaza (região entre o Mar Mediterrâneo e a cidade de Gaza).
"Então saiu do arraial dos filisteus um campeão, cujo nome era Golias, de Gate, que tinha de altura seis côvados e um palmo [2,89 metros]." 1 Samuel 17.4
Golias é o gigante mais famoso da história. No entanto não chegava a 3 metros de altura. Sim; para mim os gigantes do tipo Golias já eram as aberrações sem o poder e nem a inteligência superior dos Nephilins originais.
Textos como o que segue nos mostram que os sobreviventes dos Nephilins, após o Dilúvio, perderam os poderes e saberes de antes, ficando apenas o gigantismo como crescente anomalia.
"Houve ainda outra guerra em Gate, onde havia um homem de grande estatura, que tinha vinte e quatro dedosseis em cada mão e seis em cada pé, e que também era filho do gigante." 1 Crônicas 20.6
Os gigantes de hoje são apenas seres que sofrem de anomalias, e nada têm a ver com os Nephilim.
A maior marca dos Nephilim não eram o tamanho, mas, segundo o Livro de Enoque, o saber, as ciências, as artes, o conhecimento dos céus, das ervas, das poções, das magias, e do uso dos poderes e energias do mundo invisível.
Hoje temos gigantismos, não mais Nephilins. Leia as seguintes histórias:
Em 1876 chegou a Londres um gigante fossilizado de 3,65 metros com seis dedos no pé direito. Ele foi desenterrado por Mr. Dyer durante uma operação mineira em County Antrim, Irlanda. Em seguida foi levado para exposição em Dublin, Liverpool e Manchester. Numa edição de dezembro de 1895, a revista British Strand Magazine publicou uma foto do fóssil tirada no depósito de mercadorias da Broad Street da Companhia de Estrada de Ferro North-Western, sendo mais tarde reimpressa no livro Traces of the Elder Faiths of Ireland de W. G. Wood-Martin (abaixo).
Gigantes...

Gigantes Recentes
Um pouco menores do que o famoso Golias, o filisteu que desafiou o exército de Israel, os gigantes mais recentes registrados têm altura entre 2,50 e 2,80 metros.

Fatos Registrados
Gigantes ancestrais americanos.
·         Em seu livro The Natural and Aboriginal History of Tennessee, John Haywood descreve "ossos muito grandes" encontrados em sepulturas de pedra no município de Williamson, no estado de Tennessee, em 1821.
·         Na metade do século XIX esqueletos gigantes foram encontrados próximo de Rutland e Rodman, no estado de Nova Iorque.
·         O Dr. J.N. DeHart achou vértebras de tamanhos incomum em morros de Wisconsin em 1876.
·         W.H.R. Lykins descobriu crânios de grande tamanho e densidade em morros da cidade de Kansas em 1877.
·         O Dr. George W. Hill, achou um esqueleto de tamanho incomum em um morro do município de Ashland, no estado de Ohio.
·         Em 1879, um esqueleto de 2,94 metros foi encontrado num morro perto de Brewersville, estado de Indiana (Indianapolis News, 10/11/1975).
·         Um esqueleto enorme foi achado em um caixão de barro, com laje de arenito contendo hieroglíficos, durante explorações do Dr. Everhart num morro perto de Zanesville, estado de Ohio. (American Antiquarian, volume 3, 1880, pág61)
·         Dez esqueletos de ambos os sexos e de tamanhos gigantescos foram encontrados num morro em Warren, estado de Minnesota, 1883. (St. Paul Pioneer Press, 23/5/1883)
·         Restos de 7 esqueletos de alturas estimadas em torno dos 2,3 metros foram encontrados em Minnesota, 1888 (St. Paul Pioneer Press, 29/6/1888)
·         Num morro perto de Toledo, no estado de Ohio, foram encontrados 20 esqueletos, sentados com a face virada para o leste, com mandíbulas e dentes duas vezes maior do que o normal, e ao lado de cada esqueleto havia uma tigela grande com figuras hieroglíficas curiosamente ornamentadas. (Chicago Record, 24/10/1895, citado por Ron G. Dobbins, NEARA Journal, volume 13, outono de 1978)
·         No estado de Minnesota foram encontrados um esqueleto de um homem enorme na Fazenda Beckley, em Lake Koronis, e outros ossos gigantes em Moose Island e em Pine City (St. Paul Globe, 12/8/1896).
·         Em 1911, mineiros descobriram várias múmias de cabelos ruivos com altura que varia de 2 a 2,4 metros junto com artefatos em uma caverna em Lovelock, no estado de Nevada (The Unexplained: An Illustrated Guide to the World's Natural and Paranormal Mysteries, Dr. Karl Shuker, 1996). Obs: Uma antiga lenda local diz que havia um grupo de gigantes chamados "Si-Te-Cah" que foram exterminados pelos índios Paiutes (ou Piutes), alguns séculos antes da colonização americana. Sarah Winnemucca Hopkins, filha do Chefe indígena Paiute Winnemucca, na página 75 do seu livro Life Among the Paiutes, confirma o fato afirmando que o seu povo guardou os cabelos ruivos daquele povo durante séculos...
Arcada dentária de uma múmia de Lovelock
Gigantes...
Dr. Karl Shuker: "O Inexplicado"

·         Próximo de Lovelock,  foram achados 2 grandes esqueletos no leito do lago Humboldt em fevereiro e junho de 1931. O primeiro media 2,6 metros de altura e parecia ter sido embrulhado em um tecido coberto com goma como as múmias egípcias. O segundo esqueleto tinha quase 3 metros (Review - Miner, 19/6/1931).
·         Samuel Hubbard, Curador Honorário de Arqueologia do Museu de Oakland, descobriu dois corpos petrificados sendo um de 4,6 e o outro de 5,5 metros, no Grand Canyon do Arizona. Próximo ao local foi encontrado um grande número de pegadas de 43 a 50 centímetros de comprimento (The Hubbard Discovery, Setembro de 1923).
·         Em Julho de 1877, na região de Spring Valley próximo de Eureka, estado de Nevada, foram encontrados um joelho e um osso de perna humana tendo esta a medida de 99 centímetros, equivalente a altura de uma pessoa de aproximadamente 3,5 metros. Os ossos estavam bastante carbonizados devido a sua idade (Strange Relics from the Depths of the Earth, J.R. Jochmans, 1979).
Minha convicção é que muitos achados e descobertas “científicas” súbitas são frutos de “revelações” dos mesmos Benai Elohim que na antiguidade foram os senhores e mestres dos homens pela elevação do seu saber extra-ordinário.
Hoje os Nephilim, os Benai Elohim, “os filhos de Deus” do Genesis, segundo o Livro de Enoque, se tornaram demônios; ou seja: Enoque, o livro, nos diz que após morrerem os Nephilim receberam o castigo de terem que existir na Terra, num limbo dimensional; podendo apenas tentar penetrar almas abertas para eles ou que os invocassem. As Epístolas de Pedro e Judas se baseiam nesses fatos do passado da Terra e os usam como ilustração da realidade que os Nephilim, hoje, não trabalham mais do mesmo modo, como no passado, mas que, dada a sua presente situação e juízo, agem apenas pela via da indução ou da mediunidade.

A fixação dos anjos caídos neste mundo é alterar a natureza humana e controlar as nossas mentes!
Como diz Paulo esses são os “espíritos que agora atuam nos filhos da desobediência”.
Eles estão em tudo e em todas as coisas...
Por isto Satanás disse a Jesus que os poderes deste mundo tinham sido dados a ele, e que ele os daria a quem ele quisesse.
Hoje os Nephilins vão das possessões demoníacas às assombrações e fantasmagorias; vão dos coitos satânicos e consagrados ao diabo às monstrificações em laboratórios de genética; vão das facadas às armas climáticas em franco e célere desenvolvimento; vão dos aparatos de morte aos óvnis misteriosos; vão dos puteiros às orgias globais; vão dos cultos de frango, farinha e cachaça às alquimias da ciência mais evoluída; ou seja: eles sumiram no espírito a fim de fazerem de seu gigantismo algo muito mais gigantesco, só que não perceptível pelo olhar que apenas vê com o globo ocular.
E mais:
TENHO A FORTE SUSPEIÇÃO QUE HOJE EXISTEM CONFRARIAS CONSCIENTES DE TAIS FORÇAS E PODERES; E SÃO TAIS CONFRARIAS QUE REINAM SOBRE PRESIDENTES E PODERES OFICIAIS DESTE MUNDO!
Os donos deste mundo são conhecidos apenas por eles mesmos; sim, pelos membros do mesmo clube da morte e da manipulação!
E mais: eles são de países e raças diferentes, mas unidos pela mesma ideologia espiritual: a dos Nephilins!
Digo isto apenas para que se pense!...
Isto não salva o espírito, mas ajuda a gente a andar de olhos bem abertos!

Nele, em Quem todo Gigante cai pelo sobro de Sua boca,

Caio
1 de agosto de 2010
Lago Norte
Brasília
DF

Um comentário:

joven disse...

beautiful blog..pls visit mine and be a follower.. thanks and God bless..

http://forlots.blogspot.com/