quarta-feira, 21 de agosto de 2013

O ESPÍRITO DE DEUS EM NÓS


No Antigo Testamento, há várias passagens que mostram que o Espírito Santo de Deus entrava e se retirava em alguns homens.

Como entrou em Davi e saiu de Saul. 
Em Joel 2:28, Deus anuncia que vai derramar o Espírito Santo em toda nação de Israel de uma única vez inclusive nos escravos, trazidos de fora, como Grécia, Babilônia, Egito, Filístia. 
Em Atos 2 essa profecia se cumpre e o Espírito de Deus se derramou neles.

Todo o tempo que Jesus estava aqui o Espírito de Deus estava com Ele. Jesus morreu por nós, perdoou os nossos pecados, entrou no céu e recebeu a promessa e derramou o Espírito Santo em todos nós. 
A palavra Pentecoste quer dizer quinquagésimo dia, isso tendo como a Páscoa como dia inicial. Eram duas cerimônias festivas na cultura judaica e segue até os dias de hoje! É daí que veio a palavra "pentecostal" usada pelas igrejas que recebem os dons do Espírito e tendo como sinal evidente e visível o dom de línguas estranhas, os dons de profecias e os ditos chamados "dons de revelação".

Essa divisão dentro da igreja de Jesus causada por esses dons "pentecostais" é uma falácia!
Jamais o Espírito Santo dividiria a igreja de Cristo. A questão acontece em torno da falta de amor e maturidade espiritual por parte dos "líderes religiosos". 

A formatação toda da igreja atual propícia essas tais divisões.

Havia 120 discípulos em Atos 2, o Espírito Santo desceu em forma de fogo para se cumprir o que João Batista tinha dito no batismo de Jesus.

O fogo queima, clareia,  aquece e purifica. 
O fogo de Deus pode estar agindo e ser enviado para purificar em silêncio. 
Ele veio para fazer de nós a imagem e semelhança de Seu Filho Jesus Cristo. Se o Espírito Santo não estiver operando essa transformação numa pessoa, não importa "os sinais" evidentes, a gritaria, os carismas, as revelações, as profecias, enfim, qualquer outra mudança que não leve uma pessoa a amar, perdoar, não julgar, agir como Cristo, não tem aí o Espírito Santo. E isso é ponto indiscutível na Bíblia! 

Isso pode ocasionar luta, tribulação, crise, provação, acrisolamento, mas Ele não tem medo de nos perder.
Quando não aguentamos mais a luta, o Espírito de Deus intercede conosco com gemidos inexprimíveis.

Quando o Espírito de Deus desce nas profundezas do coração, o nosso interior muda. 
Hoje o Espírito de Deus está agindo muito mais no silêncio do que na barulheira, em razão de tantas esquisitices que tem acontecido por aí nos meios "pentecostais". 

O que Jesus nos deixou foi o Espírito da Verdade. (João 15:26) Histórias de igrejas, denominações, testemunhos, isso não tem valor nenhum sem essa ação do Espírito Santo ,pois quando morremos, só teremos a Jesus se o confessarmos.

Quando jesus estava na cruz o povo falava que Ele foi oprimido por Deus, por isso foi morto, ressuscitou e nos deu de Seu Espírito.

Se entregamos a vida a Jesus recebemos o Espírito Santo, não é preciso falar em línguas, ou revelação (isso pode acontecer depois!); a verdade é que quando eu recebo Jesus, Ele me batiza em Seu Espírito. O Espírito da verdade dá testemunho dentro de nós, não podemos duvidar, o Espírito dá testemunho de Jesus em mim. 

Só precisamos de Jesus dentro de nós.

Reinaldo de Almeida - Célia

Nenhum comentário: